Meditação

1 “Sivakempfort” por Deepak Gupta. Licenciado sob CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons – https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Sivakempfort.jpg#/media/File:Sivakempfort.jpg

A meditação pode ser praticada por diversos motivos: desde o simples relaxamento até a busca pelo nirvana. A meditação melhora a concentração, consciência, autodisciplina e equanimidade.

Meditar é esvaziar a mente. Em busca do autoconhecimento, o não-fazer nos prepara para o que deve ser feito. “Marilda Varejão”

A meditação é sua natureza intrínseca, não tem nada a ver com suas atividades. Você não pode tê-la, assim como não pode não tê-la. Ela não pode ser possuída, não é uma coisa. É você. É o seu ser.

Uma vez que você tenha entendido o que é a meditação as coisas começam a ficar mais claras. Caso contrário, continuará tropeçando no escuro.

A meditação é um estado de clareza e não um estado da mente. A mente é confusa, nunca está clara. Não pode estar. Os pensamentos criam nuvens ao seu redor, nuvens sutis. Uma névoa é criada por eles e a clareza se perde. Quando os pensamentos desaparecem, quando não há mais nuvens a seu redor, quando você está apenas sendo você mesmo, a clareza advém. Então é possível ver bem longe. É possível enxergar até o fim da existência, e seu olhar se torna penetrante, indo ao centro do ser.

A meditação é essa clareza absoluta da visão. Não é possível pensar sobre ela. Você deve parar de pensar. Quando digo “parar de pensar”, não tire conclusões apressadas, pois tenho que usar este idioma para me expressar. Eu digo “pare de pensar”, mas, se você fizer um esforço no sentido de parar, estará no caminho errado, pois terá mais uma vez reduzido a meditação a uma ação.

2

“Pare de pensar” significa apenas: não faça nada. Sente-se. Deixe que os pensamentos se acomodem. Deixe que a mente pare por conta própria. Apenas sente-se olhando para a parede, em um canto silencioso, sem fazer nada. Relaxado. Solto. Sem esforço. Sem ir a lugar nenhum. Como se você estivesse dormindo acordado – você está acordado e está relaxando, mas todo o seu corpo está caindo no sono. Você permanece alerta por dentro, mas todo o corpo se move para um relaxamento profundo. “Osho”.

1